(21) 2111-7700

ExportaçãoAço

EUA são os maiores compradores de aço brasileiro e as tarifas podem gerar perda anual de US$ 1,1 bi

Roberto Azevêdo, diretor-geral da OMC, disse à Folha de S. Paulo que a decisão de Donald Trump de elevar as tarifas sobre o aço e o alumínio “joga o comércio mundial em águas desconhecidas” e há possibilidade de guerra comercial.

“É uma possibilidade. Nos anos 30 começou assim, a lei que os EUA aplicaram para defender a sua indústria, outros países começaram a adotar medidas semelhantes, porque à medida em que um país fecha suas fronteiras para defender sua indústria, seus trabalhadores, cria-se pressão política para que os outros países façam a mesma coisa.

Como é que o governante vai dizer a seus eleitores que ele não vai fazer o mesmo? Esse tipo de coisa tem efeito de demonstração. Nos anos 30, dois terços do comércio mundial desapareceram em três anos. O passado mostra que esse tipo de coisa pode levar a uma situação de retaliação mútua.”

No Fórum Econômico Mundial, Michel Temer diz que vai ligar para Donald Trump “muito proximamente” para tratar da taxação do ato e do alumínio.

“Somos contra todo e qualquer protecionismo.”

O presidente também afirmou que poderá recorrer à OMC.

Fonte: O Antagonista

 

Fechar Menu
×
×

Carrinho